O-bon tradições (feriado de finados no Japão)

Fiquei muito curiosa com as lendas/tradições que envolvem o O-bon (feriado de finados no Japão )
Principalmente com as lanternas e legumes espetados com hashi ( os pauzinhos usados para comer).

20120811-070217.jpg
Como você pode ver, o pepino ea berinjela foram perfurados com um pauzinho de madeira quebrada. Eles, então, colocam fora da casa. Se não estou enganada, o pepino é o símbolo de um Cavalo, enquanto a berinjela é uma vaca. Eles vão colocar o “cavalo” fora de sua casa durante o dia inicial do festival, e a ‘Vaca’ no final do festival. A razão é que eles querem seus que seus ancestrais venham do céu para sua casa rápido, para isso os espíritos precisam de algo rápido para levá-los. Então, eles tiraram o cavalo. Colocam a vaca, (as vacas são mais lentas do que cavalos). O que significa que, eles querem um adeus lento. Que os seus antepassados ​​subam de volta para o céu lentamente. Cada vez me encanto mais com o Japão e suas tradicoes bonito não é? No primeiro dia de O-bon, lanternas são acesas dentro das casas, na frente de um altar budista cheio de comida, incenso e a foto dos falecidos.

20120811-071714.jpg
Neste primeiro dis as pessoas vão para a sepultura da família para chamar os espíritos de seus ancestrais de volta para casa. Chama-se mukae-bon (迎え 盆). Em algumas regiões, os fogos chamado mukae-bi (迎え火) são acesas nas entradas das casas para guiar os espíritos.

20120811-072330.jpg

20120811-072510.jpg
No último dia, as pessoas trazem espíritos do antepassado de volta para a sepultura, colocando as lanternas penduradas e pintadas com o brasão da família a orientar os espíritos. Chama-se Okuri-bon (送り 盆).

20120811-072907.jpg

20120811-072930.jpg
Em algumas regiões, os fogos chamado Okuri-bi (送り火) são acesos nas entradas de casas para enviar espíritos dos antepassados.
Durante O-bon, o cheiro de Senko (Incensos japoneses) preenche as casas japonesas e cemitérios. Toro Nagashi (lanternas flutuantes) é uma tradição, muitas vezes observados durante Obon. As pessoas enviam os espíritos de seus antepassados com as lanternas, iluminado por uma vela dentro e flutuam em um rio para o oceano.

20120811-073713.jpg

20120811-073728.jpg

20120811-073741.jpg

20120811-073755.jpg

Bom meninas e meninos é isso então ! Vale lembrar que eu sou uma mera admiradora da cultura japonesa e os dados colocados aqui tem fonte sites japas e de minhas conversas com obachians e ojichians!!!
Beijokas e luz a todos!!! Ótimo feriado

Anúncios

O-bon – Dia dos mortos (finados no Japão )

20120810-191115.jpg

No Japão enquanto nos brasileiros esperamos ansiosamente pelo feriado de agosto para irmos a praia, piscinas, rios e lagos (é verão)
Os Japoneses se preparam para receber os mortos! É isso mesmo! Nos dias do feriado eles aguardam para passar com seus entes queridos que já partiram…
Neste feriado que ocorre em meados de agosto. Acredita-se que os espíritos das pessoas queridas que já morreram voltam aos seus lares nessa época.

20120810-191100.jpg
Tanto as casas quanto os túmulos são limpos e é servida uma alimentação especial a estes espíritos.
Ocorrem muitos eventos nesta época, como os festivais de danças bon e de fogos de artifícios.

20120810-211314.jpg
O Bon Odori (em japonês O-bon お盆 ou simplesmente Bon 盆), é um feriado budista japonês em honra aos ancestrais mortos.
Este festival tem se tornado um reunião familiar na qual as pessoas dos grandes centros voltam à suas cidades de origem para visitar e limpar as sepulturas de seus ancestrais. Tradicionalmente inclui danças típicas. Este festival já existe no Japão por mais de 500 anos

Maio

・1日 メーデー ( May Day )
・Dia 1 Dia do trabalho
働く人たちによる、団結をしめすお祭りです。日本だけではなく、ブラジルや世界各地で行われています。
É uma festividade para demostrar a união dos trabalhadores. Ocorre não somente no Japão, mas em diversos países como no Brasil.

・2日 八十八夜 
・Dia 2 Hachijuhachiya (lit. a octogésima oitava noite)
夏の農作業を始める目安になる日です。
É o dia que serve como ponto de referência para o início das atividades agrícolas de verão.
八十八夜は、立春(2月4日)から数えて88日目のことです。
O Hachijuhachiya é a octogésima oitava noite a contar do início da primavera (do calendário lunar)
このころお茶を作る農家では、お茶つみで忙しくなります。
Nesta época, os agricultores que trabalham com plantação de chá estão bem atarefados, pois é a época que se faz a apanha das folhas de chá

・3日 憲法記念日
・Dia 3  Dia comemorativo da constituição
国民の祝日の一つです。1948年5月3日に、日本国憲法が実際に使われ始めたことを記念して制定されました。
É um dos feriados nacionais. No dia 3 de maio de 1948, a constituição japonesa começou a vigorar efetivamente.

・4日 みどりの日
・Dia 4 Dia do Verde
国民の祝日の一つです。もともとは、昭和天皇の誕生日の4月29日でしたが、2007年から5月4日になりました。
É um dos feriados nacionais. Originalmente era comemorado no dia 29 de abril, dia do aniversário do imperador Showa, mas em 2007, passou a ser comemorado em 4 de maio.

・5日 端午の節句
・Dia 5 Tango no Sekku (Dia dos meninos)
男の子のすこやかな成長と幸せを願う行事です。
É um evento em que se deseja a felicidade e o desenvolvimento saudável dos meninos.

こどもの日
Dia da Criança
国民の祝日の一つです。1948年に制定されました。
É um dos feriados nacionais. Foi instituído em 1948.

・母の日 (5月の第2日曜日)
Dia das mães ( segundo domingo de maio)
日本の母の日の由来は、アメリカから来たと言われていますが、ブラジルでもこの日にお祝いします。
O Dia das Mães no Japão tem suas origens nos Estados Unidos, e no Brasil também é comemorado neste dia.

世界赤十字デー
Dia Mundial da Cruz Vermelha
1828年のこの日、国際赤十字の創始者ジャン・アンリ・デュナンが誕生しました。
Em 1828 desta data nasceu Jean Henri Dunant, o fundador da Cruz Vermelha Internacional.

…………………………………………………………………………

・9日 アイスクリームの日
・Dia 9  Dia do sorvete
1869年(明治11年)のこの日、日本初のアイスクリーム「あいすくりん」を製造・販売しました。
Em 1869 desta data, começou a ser produzido e comercializado o primeiro sorvete japonês, o “Aisukurin”.

・29日  こんにゃくの日
・Dia 29  Dia do konnyaku (confecção gelatinosa comestível de inhame)
五(こん)二(にゃ)九(く)の語呂合わせです。
A data vem do trocadilho 5 (go→kon), 2 (ni→nya), 9 (ku) ⇒ 5/ 29
こんにゃくは群馬県の一つの名物です。
O konnyaku é um dos produtos típicos da província de Gunma.

Calendário Japonês Abril

Abril1º de abril: Início do Ano Letivo e Fiscal
Inicia o ano letivo da escola e o ano fiscal das empresas.

As cerimônias de ingresso escolar ou das empresas acontecem também em abril.

Leia mais sobre a cerimonia de entrada aqui…http://wp.me/p1DsRp-aQ

Início de abril:

Hanami 花見 (apreciação das flores de cerejeira)

Veja aqui o post sobre hanami http://wp.me/p1DsRp-gg
É o costume de apreciar a beleza das flores e felicitar a chegada da primavera.

No caso do Japão,  muitas vezes ela indica as festas que acontecem sob as cerejeiras em plena floração.

Hanami 花見 Contemplar as flores de cerejeira

Este ano com o frio um pouco mais prolongado creio que as Sakuras vão demorar um pouquinho mais para florescer… Nessa época temos o Hanami que é um  costume tradicional japonês de contemplar a beleza das flores, sendo que “flor” neste caso quase sempre significa sakura ou umê Do fim de março ao começo de maio, o sakura floresce por todo o Japão, e por volta de primeiro de fevereiro na ilha de Okinawa. A previsão de florescimento (桜前線 sakurazensen, lit. frente de florescimento do sakura) é anunciada todo ano pela Agência Meteorológica do Japão e é observada cuidadosamente por aqueles que planejam fazer o hanami, visto que ela floresce por apenas uma ou duas semanas. No Japão moderno, o hanami consiste basicamente de realizar festas ao ar livre embaixo do sakura durante o dia ou a noite.

 

Ohanami à noite é chamado de (夜桜 yozakura, lit. sakura noturno).

 

Em muitos lugares, como o Parque Ueno, lanternas de papel temporárias são presas para realizar o yozakura. Na ilha de Okinawa, lanternas elétricas decorativas são presas nas árvores para o divertimento noturno, tias como nas árvores do Monte Yae, perto da cidade de Motobu, ou no Castelo Nakajin.

 

Uma forma mais antiga do hanami também existe no Japão, que é a contemplação do florescimento da ameixeira (梅 ume).


Este tipo de hanami é popular entre as pessoas mais velhas, pois elas são mais calmas do que as festas do sakura, que normalmente envolvem pessoas mais jovens e podem às vezes ser lotadas e barulhentas.

 

Parque da prefeitura de Inabe Daian

A prática do hanami é feita há muitos séculos. Dizem que o costumo começou durante o período Nara (710 – 794) quando era o florescimento do ume que as pessoas admiravam no começo. Mas no período Heian (794 – 1185), a sakura começou a atrair mais atenção e o hanami virou sinônimo de sakura.

A partir de então, no waka e no haikai, “flores” significam “sakura”.

Hanami foi usado pela primeira vez como um termo análogo à contemplação do florescer da cerejeira no romance Genji Monogatari. Embora uma festa de contemplação de wisteria tenha sido também descrita, deste ponto em diante os termos “hanami” e “festa da flor” foram usados apenas para descrever a contemplação do florescer da cerejeira.

O sakura era originalmente usado para comemorar a colheita e para anunciar a estação de plantação de arroz. As pessoas acreditavam no kami no interior das árvores e faziam oferendas. Depois, eles passaram a oferecer saquê.

O Imperador Saga do período Heian adotou esta prática e organizou festas de contemplação de flores com sakê e banquetes de baixo das flores das árvores de sakura na Corte Imperial de Kyoto. Poemas seriam escritos louvando as delicadas flores, que eram vistas como uma metáfora da própria vida, brilhantes e bonitas mas efêmeras e transitórias. Fala-se que esta é a origem do hanami no Japão.

O costumo foi originalmente limitado à elite da Corte Imperial, mas logo se espalhou pela sociedade samurai e, no período Edo, para o povo em geral. Tokugawa Yoshimune plantou grandes áreas com árvores de cerejeira para encorajar isto. Sob as árvores de sakura, as pessoas comiam e bebiam sake em alegres banquetes.

Festas de hanami ao longo do rio Kamo

Hoje, o povo japonês continua a tradição do hanami, reunindo-se um grande número aonde quer que as árvores florescendo estejam. Milhares de pessoas enchem os parques para organizar banquetes sob as árvores florescendo, e às vezes essas festas continuam até tarde da noite. Em mais da metade do Japão, o período de florescimento da cerejeira coincide com o começo do ano letivo e do ano fiscal, e portanto festas de boas-vindas muitas vezes ocorrem com o hanami. O povo japonês continua a tradição do hanami ao tomar parte nos passeios processionais no parque. Esta é uma forma refúgio paracontemplar e renovar seus espíritos.

O provérbio bolinhos ao invés de flores 花より団子  aponta as prioridades reais da maioria dos observadores do hanami, significando que as pessoas estão mais interessadas na comida e bebidas que acompanham a festa do hanami do que observando de verdade as próprias flores.

Os corpos mortos são queimados sob as árvores de cerejeira! é um ditado popular sobre o hanami, após a sentença de abertura da pequena história de 1925, “Sob as Árvores de Cerejeira”, de Motojirō Kajii.

Se não houvesse cerejeiras florescendo neste mundo
Quão mais tranquilos seriam nossos corações na primavera.

Ariwara no Narihira (825 – 880)

O Imperador Saga (嵯峨天皇 Saga-tennō) (786-842) do período Heian adotou este costume, e celebrou festava para observar as flores com sake e banquetes sob as árvores de sakura florescendo na Corte Imperial de Kyoto. Dizem que esta é a origem do hanami no Japão. Poemas foram escritos louvando as delicadas flores, que eram vistas como uma metáfora da própria vida: bonitas, mas que duram por pouco tempo. Essa visão “temporária” da vida é muito popular na cultura japonesa e é normalmente considerada como uma admirável forma de existência. Por exemplo, no princípio samurai do fim da vida, quando ainda é bonita e forte, ao invés de lentamente se tornando velha e fraca. Os poetas da era Heian costumavam escrever poemas sobre como as coisas seriam mais fáceis se não houvesse o florescimento do sakura na primavera, pois sua existência nos lembra que a vida é muito curta.

Celebrações de hanami no Parque Ueno,Tokyo

O hanami foi usado como um termo que significava “contemplação do florescimento da cerejeira” pela primeira vez no romance da era Heian Genji Monogatari (capítulo 8, 花宴 Hana no En, “Sob as cerejeiras florescendo”).

No começo, o costume foi seguido apenas pela Corte Imperial, mas a nobreza samurai também começou a celebrá-lo durante o Período Azuchi-Momoyama (1568-1600). Nesses anos, Toyotomi Hideyoshi organizou grandes festas de hanami em Yoshino e Daigo-ji, e a festividade tornou-se muito popular por toda a sociedade japonesa. Pouco após, os fazendeiros começaram seu próprio costume de subir montanhas na época da primavera e ter refeições sob as árvores de cerejeira florescendo. Esta prática, chamada de “viagem para a montanha na primavera”, combinou-se com o costumo dos nobres para formar a cultura urbana do hanami. No período Edo (1600-1867), todas as pessoas comuns tomaram parte nas celebrações, em parte porque Tokugawa Yoshimune plantou grandes áreas de árvores de cerejeira para encorajar esta prática. Sob as árvores de sakura, as pessoas tinham refeições e bebiam sake em alegres banquetes.

Minha Filhota Keiko no Ano passado 2011

Março

Sei que já estamos na metade de março mas eh que na correria acabei esquecendo do calendário!!!!!

3 de março: Festival Sazonal do Pêssego
É um dia festivo das meninas e hoje em dia é chamado também de Hinamatsuri (festival das
bonecas). Os bonecos são enfeitados na sala, e a família passa por momentos agradáveis
tomando sakê branco adocicado.
14 de março: Dia Branco (White Day)
Nesta data, os rapazes que receberam chocolates no Dia de São Valentino
presenteiam de volta as moças com chocolate branco, doces e outros.
20 de março: Equinócio de Primavera * feriado móvel
É chamado também de “Haru no Ohigan”, e as famílias aproveitam para visitar o túmulos dos
antepassados nesse dia.
31 de março: Final do Ano Letivo e Fiscal
Termina o ano letivo da escola e o ano fiscal das empresas. As cerimônias de formatura das
escolas e creches acontecem também em março.

Fevereiro

3 de fevereiro: Festival Sazonal Setsubun
Nesta data, colocam-se sojas torradas em um recipiente
quadrado de madeira para serem jogadas fora de casa ou no
quintal ao grito: “Oni wa soto (Demônios para fora de casa)!” e
“Fuku wa uchi (Felicidades para dentro de casa)!)”. Logo depois, come-se a
quantidade da soja de sua idade ou uma a mais do que a sua idade, para desejar uma boa saúde
durante o ano.
04 de fevereiro
Entrada da primavera no calendário japonês, só no calendário mesmo por que só vai começar a esquentar no final de março, quando começam a sair os primeiros botões da cerejeira sakura, que quando floresse deixa tudo lindo!
14 de fevereiro: Dia de São Valentino (Valentine’s Day)
Dizem-que a comemoração do Dia de São Valentino se iniciou pela homenagem ao sacerdote
Valentino, executado pelo fato de ter realizado o casamento dos soldados no século III, quando era
proibido o casamento destes no Império Romano.
Não se sabe desde quando, mas no Japão, é no Dia de São Valentino que as moças presenteiam os
rapazes queridos com chocolate para transmitir o seu amor. Mas hoje em dia, os chocolates são
presenteados não só para os rapazes queridos, mas também para os colegas do trabalho, pais e
irmãos. Chegando em fevereiro, a seção de vendas de chocolate das lojas de departamento ficam
cheias de mulheres que vêm comprar chocolate.

Entradas Mais Antigas Anteriores