Tsukimi – festival da lua

Hoje dia 08/09 os japoneses estão comemorando o dia da lua, onde celebram o dia que a lua está mais bonita neste ano de 2014 será hoje!
Bom, para entender melhor vamos la:
O Tsukimi celebra a lua de outono (segundo os japoneses a mais bela do ano) Tsukimi [月見] ou Otsukimi , literalmente lua-visão , refere-se a festivais japoneses honrando a lua de Outono.

IMG_4505.JPG
São feitos oferendas como bolinhos, mochi (bolinhos de arroz) e susuki (grama de prata japonesa) e contempla-se o brilho da lua cheia. Este costume é chamado de Tsukimi.
A cada ano, as datas são alteradas. Nos próximos anos será conforme segue: 27/9/2015, 15/9/2016, 4/10/2017, 24/9/2019, 01/10/2010….

IMG_4506.JPG
Diz-se que este costume visualização lua foi introduzida no Japão a partir de China. Desde os tempos antigos, os japoneses têm descrito o oitavo mês lunisolar como o melhor momento para olhar para a lua, uma vez que as posições relativas da Terra, Sol, Lua e fazer com que a lua a aparecer especialmente brilhante.

A celebração da lua cheia ocorre tradicionalmente no dia 15 do oitavo mês do tradicional japonesa calendário lunissolar, a lua crescente é comemorado no dia 13 do nono mês. Estes dias normalmente caem em setembro e outubro do moderno calendário solar .A data varia de acordo com o calendário lunar e solar.

IMG_4507.JPG
é tradicional a se reunir em um lugar onde a lua pode ser visto claramente, decorar o local com Susuki (grama de pampas japonesa) e servir bolinhos de arroz branco (conhecido como Tsukimi dango ) , taro , edamame , castanhas e outros alimentos sazonais, como ofertas para a lua, a fim de celebrar a beleza da lua e também a fim de orar por uma colheita abundante. estes pratos são conhecidos coletivamente como pratos Tsukimi ( 月见料理 Tsukimi Ryori ) .

IMG_4510.JPG

IMG_4508.JPG

IMG_4509.JPG
Produtos sazonais também são exibidos como ofertas para a lua. Batata-doce são oferecidas para a lua cheia, enquanto feijão ou castanhas são oferecidos para a lua crescente do mês seguinte. Os nomes alternativos das celebrações, Imomeigetsu (literalmente “lua da colheita de batata”) e Mamemeigetsu (“colheita do feijão da lua”) ou Kurimeigetsu (“colheita de castanha da lua”) são derivadas dessas ofertas.

IMG_4503.JPGA imagem acima acabei de tirar na creche onde meu filho fica! Achei muito legal eles colocarem as coisas e o vaso, a diretora me disse que em várias casas os japoneses colocam e ficam esperando vizinhos para juntos verem a lua !

IMG_4511.JPG
História

Festivais dedicados à Lua têm uma longa história no Japão, que datam como o período Jomon . Durante o período Heian elementos do chinês Mid-Outono Festivalforam introduzidas para o Japão. Membros da classe aristocrática iria realizar lua visualização de eventos a bordo de barcos, a fim de ver o reflexo da lua na superfície da água. A escrita de tanka poesia era também um elemento de tal mid-outono festividades visualização da lua.

IMG_4512.JPG
De 862 até 1683, o calendário japonês foi organizado de forma que a lua cheia caiu no dia 13 de cada mês. Em 1684, no entanto, o calendário foi alterado de modo que a lua nova caiu no primeiro dia de cada mês, passando a lua cheia, dois dias depois, para o dia 15 do mês. Enquanto algumas pessoas em Edo (atual Tokyo ), voltou suas atividades Tsukimi para o dia 15 do mês, outros continuaram a observar o festival no dia 13. Além disso, houve várias observâncias regionais em algumas partes do Japão no dia 17 do mês, assim como observâncias budistas no dia 23 ou no dia 26, os quais foram usados ​​como pretextos para muitas vezes tarde da noite partes durante o outono em todo o período Edo .
E o coelho ? Me pergunto rsrs Coelhos estão sempre conectados com a lua no Japão. No folclore japonês, o Coelho Lua é um coelho que vive na lua fazendo mochi (bolo de arroz) com base em marcas na lua, que os observadores percebem no disco brilhante da lua cheia, que se parecem com um coelho batendo em um pilão . A percepção ocidental é que há um homem na lua com base em uma figura imaginária se assemelha a um rosto humano.

IMG_4515.JPG

IMG_4514.JPGSegundo a história budista, em um certo dia um velho senhor pediu comida para um macaco, uma lontra, um chacal e um coelho. O macaco colheu frutas e trouxe para o velho senhor, a lontra trouxe peixes e o chacal, um lagarto. No entanto o coelho não trouxe nada pois as ervas que constituem a sua alimentação não eram boas para os humanos. E então o coelho deciciu oferecer seu próprio corpo e se jogou no fogo. Porém o corpo do coelho não se queimou pois o senhor era uma divindade. E para as pessoas lembrarem do sacrifício do coelho, o homem desenhou a imagem do coelho na lua.

IMG_4516.JPG
Acredita-se que o coelho está na lua fazendo “mochi” (bolinho de arroz), pois o processo de fazer o “mochi” chama-se “mochitsuki” (餅搗き – もちつき) cuja pronúncia se assemelha a “mochizuki” (望月 – もちづき), que significa “lua cheia”.

IMG_4513.JPGTsukimi Dango

Tsukimi Dango são bolinhos feitos de japoneses mochiko (farinha de arroz) e são alimentos tradicionais para Jugoya visualização da lua.Enroladas em forma de lua, mordida de tamanho bolas, eles são fervidos ou cozidos no vapor e são geralmente apresentados em uma pilha em forma de pirâmide. Junto com taro e grama pampas, esses bolinhos pequenos são tradicionalmente oferecido para a lua cheia sobre o mais auspicioso dia de lua-visão.

A culinária japonesa criou bolinhos decorados que são a sensação das crianças e adultos

IMG_4520.JPG

IMG_4518.JPG

IMG_4519.JPG

IMG_4521.JPG

Obrigada a todos pelo carinho sempre!
Imagens retiradas da internet
Fonte
Wikipédia e sites variados de cultura japonesa.